terça-feira, 17 de dezembro de 2013

[0659] Quase na fim d'one... meia dúzia de pontos

1 - Este é o post geral n.º 663 e 364.º do presente ano. "Racionámos" os posts para darem exactamente a média de um por dia, coisa que se cumprirá no próximo e último de 2013, atingindo-se com ele a meta aritmética dos "certinhos" 365.

2 - Dentro de dias chegaremos às 100.000 visitas, talvez ainda em 2013 ou o mais tardar nos primeiros dias de 2014.

3 - Apraz-nos registar que na estatística de visitantes do blogue temos Portugal em primeiro lugar, os Estados Unidos da América em segundo e Cabo Verde logo em terceiro, lutando com a América pela segunda posição. De qualquer modo, é garantido que em  Portugal e nos States muitos visitantes serão cabo-verdianos. O que é uma grande alegria para o Pd'B, pois para eles ele é feito.

Estatística desde o primeiro dia do Pd'B até hoje, 17.12.2013 pelas 14h25. Não surgem aqui muitos outros países com visitantes em número inferior aos 356 de Macau, dado que se trata de um top-ten

4 - Prestes a fazer três anos de vida (iniciada a 7.Fevereiro.2011), o Pd'B consegue assim uma média de mais de 300.000 visitantes por ano o que é um regalo para o espírito e um incentivo para este blogue que se dedica em exclusivo às coisas de São Vicente e do Mindelo, embora também dê de vez em quando umas passeatas por outros interesses cabo-verdianos, nas ilhas e na diáspora.

5 - O Pd'B agradece a camaradagem e simpatia dos blogues parceiros "Arrozcatum" e "Esquina do Tempo", ambos também muito são-vicentinos e mindelenses, aos colaboradores o apoio e aos leitores as visitas. Lamenta porém que não haja mais participação em comentários, mas reconhece que é mal geral de blogues onde não se pratica o "mata e esfola" em que os leitores adoram "matar" e "esfolar". Como aqui não há sangue derramado, o silêncio da parte leitora é mais frequente... não nos queixemos, portanto.

6 - Seis palavras finais: Continuaremos, com muito gosto e ligria!

3 comentários:

  1. Obrigado, Dajck por dares a conhecer estes dados, que são importantes. Há evidências de que o PdB está no bom rumo, com bússola bem afinada. É claro que nós aqui o único sangue que vemos vertido é o das cavalas que são estripadas mesmo junto à nossa areia, a serem preparadas para um bom repasto.

    ResponderEliminar
  2. Longa vida a Praia de Bote e a Djack, Praia de Bote é já património imaterial mindelense

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela citação...Os números, como o algodão, não enganam!
    Braça,
    Zito

    ResponderEliminar