segunda-feira, 28 de julho de 2014

[0983] Presidente de Cabo Verde participa em homenagem a Carlos Alhinho nos EUA

Foto e texto: jornal "A Bola", Portugal

O presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, irá participar na noite de gala em New Bedford, Estados Unidos, a 9 de Agosto, que irá homenagear Carlos Alhinho, falecido em 2008 e considerado o melhor desportista cabo-verdiano do século XX.

A organização do evento adianta que o chefe do Estado irá dirigir uma mensagem a todos os presentes e contribuir para a angariação de fundos para a construção da estátua do futebolista, que será construída na cidade do Mindelo, em São Vicente.

Estarão também presentes o novo embaixador de Cabo Verde em Washington, José Luís, Fontes, o cônsul-geral de Cabo Verde em Boston, Pedro Graciano, e o mayor de New Bedford.

A gala terá a atuação da irmã, Teté Alhinho, de Sara Alhinho, sobrinha, e de outros artistas da música cabo-verdiana.

Jogador do Benfica, Sporting e FC Porto, e ainda de Portimonense e Académica, Carlos Alhinho morreu a 31 de Agosto de 2008, vítima de acidente no fosso de um elevador num hotel em Benguela, Angola, aos 59 anos.

Como treinador, Carlos Alhinho orientou, ainda, as seleções e Angola e Cabo Verde, bem como outros clubes.

2 comentários:

  1. Conheci o Carlos, como de resto toda a família Alhinho, muito bem...Segui a sua carreira com todo o interesse, até porque chegou a jogar - e bem - no meu clube! Recordo bem a revolta com que recebi a notícia da sua morte estúpida e evitável...Apluado com entusiasmo a iniciativa!

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me do Carlos Alhinho quando era um garoto, pois era uns anos mais novo que eu. Lamentei imenso a forma trágica e pouco comum como perdeu a vida.
    Merece todas as homenagens.

    ResponderEliminar