quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

[1363] As três casas e os seus gradeamentos... em fotos de José Carlos Marques (post 200 de 2015)

Casa Figueira, da minha vizinhança capitaneal...

Casa do saudoso Dr. Aníbal Lopes da Silva, médico dentista

Casa de habitação e de comércio do igualmente saudoso Sr. Celso Leão

3 comentários:

  1. Djack, este não era fácil para quem não vive lá. No entanto, dá cá esse raminho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O grande "drama" praiabotístico é esse mesmo: continua a haver entre 40 e 50 visitantes mudos das ilhas (já chegaram várias vezes aos cerca de 60) que não dão outro sinal de vida que não esse - que eu topo no mecanismo do blogue. Até uns que já ganharam o concurso perderam a genica. Acho que o mal é do homem do 15 que está a papar concurso sobre concurso, com um denodo que só o Nun'Álvares Pereira teve antes dele, arriando na espanholada. De facto, era sobretudo um concurso para os são-vicentinos da ilha e não para os exilados em Tomar. Mas a vida é mesmo assim, foi o da terra longe nabantina que ficou com este, a juntar aos outros 20. Quem sabe, sabe e quem sabe ganha.

      Braça vencedora,
      Djack

      Eliminar
  2. Lembro-me perfeitamente da primeira (Casa Figueira) e da ùltima (Casa do Leão) em pleno movimento, cada um no seu ramo.. Guardo memôria mais viva a Casa do Leão na Pracinha da Igreja, seus primeiros dias de instalação, os brindes que faziam (pedaços de penas de conta). Jà na Admissão não precisava mas via com deleite a reacção das crianças da lousa (pidrinha de conta). Comecei a là ir para comprar os pontos mensais e os cadernos que antes eram vendidos por nho Toi Pombinha.
    A Casa do Dr.Anibal isso era (e é) um monumento não visitado mas um marco para os mindelenses.

    ResponderEliminar