quinta-feira, 16 de abril de 2015

[1479] 40 anos do "Terra Nova"

O Presidente da República de Cabo Verde, Dr. Jorge Carlos Fonseca, presidiu, na tarde de 14 de Abril, à abertura da conferência dos 40 anos do Jornal "Terra Nova". O acto teve lugar na Sala de Conferências da Biblioteca Nacional, Praia, ilha de Santiago.

Estas fotos foram enviadas para o Pd'B pela Presidência da República de Cabo Verde, à qual agradecemos a amabilidade do acto. No número especial do 40.º aniversário, que se vê nas primeiras imagens, colaboraram Joaquim Saial, Adriano Miranda Lima e Ondina Ferreira (tudo gente do Pd'B), entre outros.





Cardeal D. Arlindo Furtado, PR de Cabo Verde e Frei Gilson Frede
Cardeal D. Arlindo Furtado, PR de Cabo Verde e Frei Gilson Frede
PR de Cabo Verde e cardeal D. Arlindo Furtado
Frei António Fidalgo, primeiro director do "Terra Nova", e PR de Cabo Verde
Frei Gilson Frede, actual director do "Terra Nova" e PR de Cabo Verde

3 comentários:

  1. Deslocaram-se para homenagear o arauto da liberdade nacional. "Terra Nova" nunca se ajoelhou perante o partido ùnico.
    Parabéns !!!

    ResponderEliminar
  2. Adorei esta reportagem. Não sou homem de religião mas sinto respeito e carinho por aqueles que abraçam um credo e o servem com devoção e verdade. O jornal Terra Nova é um louvável episódio da Igreja cabo-verdiana, mostrando que na hora grave a Igreja não se demitiu de exprimir a sua opinião e pugnar pela liberdade. De resto, a liberdade do espírito é um valor sagrado, e a Igreja soube-o dizer na hora certa.

    ResponderEliminar
  3. O jornal Terra Nova deu um grande contributo, senão decisovo, na instauração da democracia. No anos 80 era uma voz a pregar no deserto e a oposição estava toda aí, um número reduzido de pessoas. Ainda o MPD e o PAICV era a mesma coisa e esse jornal era vítima do regime com até processos judiciais. Era assíduo leitor e colaborador

    ResponderEliminar