quarta-feira, 17 de junho de 2015

[1557] Na morte da cantora mindelense Djuta Ben-David

Ver AQUI, AQUI e AQUI

2 comentários:

  1. Grande perda !

    Djuta deve ter sido a primeira cantora (profissional) a sair de Cabo Verde para Lisboa. Muito antes da Cesària e, se não me engano (?), antes mesmo do praiense Fernando Quejas.
    Penso que a sua carreira profissional parou de engrandecer quando decidiu pelo casamento com esse outro grande caboverdeano que foi "Dutche de Nha Manilim Eulàlia" ou Henrique Ben David.
    Paz à sua alma.

    ResponderEliminar
  2. Comecei a visita de frente para trás e, depois de me exultar com a visita da dona Djuta a Cabo Verde, eis que deparo com a notícia da sua morte. Precisamente, um ano depois da sua visita. Resta o consolo de saber que foi ainda a tempo de ela matar as saudades. Imaginem que estive em Ponta Delgada 2 anos e 6 meses e não vi esta senhora. Mas confesso que nunca tinha ouvido falar dela. Por isso é que não me canso de me admirar com a memória do Valdemar e o seu repositório de conhecimentos.

    ResponderEliminar