quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

[1757] Em final de ano, uma revisão de memórias, sempre com a Praia de Bote em fundo

A Praia de Bote pode viver sem o Monte Cara? O Monte Cara pode existir sem ela? Ambos podem passar sem a baía? Todos podem ter vida sem os pescadores da Praia de Bote e a fauna do Plurim d'Pêxe? Que mistério tem este local? De que magia está impregnado? 

Foto Joaquim Saial (1999) -  Homem arranjando atum

Sem comentários:

Enviar um comentário