quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

[1873] Grupo de Monte Sossego - Carnaval de São Vicente, 2016, em fotos de Zeca Soares

Pormenor da foto anterior recortado pelo Pd'B, onde se vê boneco de Luís Morais a tocar clarinete





4 comentários:

  1. Até aparecem Evas sem tangas (mas com sapatos altos) !!!

    ResponderEliminar
  2. Fotos sugestivas do Carnaval mindelense. Quanto a samba, não creio que o devêssemos ter adoptado para o nosso Carnaval. Devíamos ter mantido a nossa antiga tradição em matéria de dança e coreografia. O mesmo penso relativamente a Portugal, que, não estando nos trópicos, descaracteriza a sua tradição carnavalesca ao insistir em desfiles de sambistas. O seu a seu dono, ainda mais quando o clima em Fevereiro não aconselha a desnudar o corpo.

    ResponderEliminar
  3. Concordo!!! Sem desprimor para o samba - cada macaco no seu galho - os nossos músicos devíam dedicar-se a "inventar" umas coladeras e umas marchinhas, ou mesmo umas mazurcas...porque não?!
    Braça dançante
    Zito

    ResponderEliminar
  4. Em completo acordo. "Cada terra o seu uso e cada roca com seu fuso" Ainda vale. As marchinhas carnavalescas, feitas propositadamente para cada bloco carnavalesco, faziam o nosso carnaval mais genuinamente crioulo. O mesmo para Portugal, com o seu corso tradicional, ao invés de tudo virar samba, como disse o Adriano, ainda por cima, desnudadas e desnudados, no frio de Fevereiro. Não dá!
    Abraços, agora, quaresmais

    ResponderEliminar