domingo, 28 de fevereiro de 2016

[1955] BANNNG, BANNNG, CABUMMMM, pêxe já bai!!!

1 comentário:

  1. Pelo que vejo nas imagens, parece projéctil de arma anti-aérea. A cabeça é explosiva, daí o perigo que representa o seu inadvertido manuseamento. A vítima deve ter tentado partir a munição para aproveitar o seu componente metálico. Um projéctil sem essa particularidade de ter cabeça explosiva em princípio não ofereceria perigo. Também há ali munição tracejante, ou seja, projéctil que disparado assinala o seu percurso em toda a extensão da trajectória. Normalmente são de uso anti-aéreo mas também os há para tiro terrestre, nomeadamente anti-carro.

    ResponderEliminar