segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

[1967] Novo texto de José Fortes Lopes: "Crónica dos tempos da desilusão" (I)

Ver AQUI

6 comentários:

  1. Ter um cronista como o prof. José Fortes Lopes é um privilégio. Sobretudo no momento que atravessamos, os Cabo-verdianos necessitam de gente que os possa inteirar do que se passa (ou que deve passar) no mundo politico onde uma minuria activa se implantou e procura não ser desalojada, para a infelicidade do pais. Cabo Verde, mais que nunca, necessita dos seus filhos dilectos, daqueles que têm a coragem de dar a cara para defender os que sofrem de injustiças. Cabe a nôs agora de seguir o melhor caminho para a Nação e combater a diabolica guerra fratricida que nos movem.
    Força, José !!!

    ResponderEliminar
  2. O José é daqueles que não embainham a espada. Ela está sempre a tilintar onde haja motivo para refrega cívica.

    Aproveito para dizer que meti mais um comentário no post 1951, que é sobre aquela rua antiga que ninguém parece identificar. Um primo meu disse que é a rua da Praça Nova, vista do lado direito para quem está virado para o Grémio. Outro disse que é a rua Senador Vera Cruz, restando saber se esta é a mesma atrás referida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um obrigado pelo interesse, mas não sou capaz de confirmar nada. Contudo, pode ser que a primeira versão seja mais credível.

      Braça sem saber,
      Djack

      Eliminar
  3. Djack, amanhã darei informações concretas (e em definitivo) com a imagem da actualidade referente à rua em questão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que era interessante, mesmo, mesmo interessante, era alguém fotografar o sítio actualmente para podermos comparar as duas imagens. Eu até faria um post novo, com ambas.

      Braça waiting,
      Djack

      Eliminar
  4. É isso mesmo que vou providenciar, Djack, e depois farás um post novo.

    ResponderEliminar