terça-feira, 12 de abril de 2016

[2138] A mercearia cabo-verdiana de António Silva em Lawrence, EUA (Dezembro de 1920)

Nem mais, o Sr. António Silva sabia que a publicidade é a alma do negócio, o Natal estava pertíssimo e toca de lançar anúncio de jornal, apelando aos patrícios para umas compras fartas. Sim, porque "bons artigos", era na loja dele. Quanto a Lawrence, onde havia e ainda haverá muitos cabo-verdianos, é ver AQUI


2 comentários:

  1. Sempre estveram por todo o lado
    Graças a Deus, como dizem os brasileiros

    ResponderEliminar
  2. Escusado será adivinhar o que lá se vendia, não é assim?

    ResponderEliminar