quarta-feira, 29 de junho de 2016

[2234] Concurso extremamente difícil com prémio de zero ramos de acácia

Quem são estas duas figuras cabo-verdianas?


5 comentários:

  1. Dois Grandes. Tanto em Cabo Verde como em Portugal. Um deu provas e foi precipitadamente e o outro continua no auge. Deus queira por muitos anos e bons.
    Não hà lugar para tanta quantidade de ramos de acàcia.
    Braça concludente.

    ResponderEliminar
  2. SÓ CONHECI, PESSOALMENTE, UM DELES, MAS RESPEITO A AMBOS!
    Braça honrado,
    Zito

    ResponderEliminar
  3. Desculpem lá, amigos, mas "figura" é o senhor mais velho que me deu a honra da sua amizade e com quem troquei correspondência postal à moda antiga. Um dia destes vou transcrever para este blogue algumas das suas cartas. O problema é a caligrafia dele, difícil de decifrar, ou não fosse ele médico, pelo que terei de fazer uso da mesma alegre paciência decifradora que tive ao ler as cartas pela primeira vez. Considero o Dr. Teixeira de Sousa dos cabo-verdianos mais autênticos, mais sábios e mais valorosos que conheci.

    ResponderEliminar
  4. Uma coisa não invalida a outra. São duas figuras cabo-verdianas de alto calibre. À parte dos atributos humanos de cada um, há claro a obra escrita. Os livros do Dr. Teixeira de Sousa é o que se sabe, ficamos à espera dos livros do Adriano...

    ResponderEliminar
  5. Uma lembrança fotográfica de certeza muito especial para o Adriano e para nós outros, um prazer partilhar.
    Lembrando o insigne escritor, será reeditado brevemente, pela Academia de Letras de Cabo Verde, a colectânea de Contos:«Contra Mar e Vento». De há muito esgotada entre nós e que vem fazendo muita falta nas escolas e para novos leitores.
    Quanto ao resto, alinho com o que disse o Valdemar...

    ResponderEliminar