terça-feira, 27 de setembro de 2016

[2520] "Cretcheu di ceu", de Morgadinho, cantada por Cesária no CD "Mar Azul" e o lenço [ver posts anteriores)

Cretcheu Di Ceu
Morgadinho
(com algumas divergências de texto)

Sol disponta di manhazinha
Êl bem ilumina és bô carinha
Carinha di santa, santa sem altar
Bôs fonte de luz, dos fonte na bô olhar!

Ca bô s'pia pa ceu, pal ca tchomabo se cretcheu
Ca bô s'pia pa mar, pal ka inveja bô olhar
Ceu tem estrela, sim c'ma mar tem area
A mim djal contam, c'ma bô ê se sereia!

Bô bem p'esse mundo, bô tem de ba pa ceu
Destino ê certo, ser se cretcheu
Esse mundo ê falso, ele cheio d'ilusao
Ka bô fala sim, ka bô entregal bô coração!


2 comentários:

  1. De certa forma a letra deficiente retira sentido ao quarto verso que, na versão têxtil não significa nada! Não sei, entretanto, se isso não poderá funcionar de forma positiva, como acontece com os selos de correio com falhas de impressão...
    Braça sedoso
    Zito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a gralha de sentido popular, má cópia do original. Não deixa de ter o seu encanto mas acho que não valoriza (economicamente) o lenço. O que o valoriza é o seu meio século de existência, sem nunca ter sido usado e o seu estado impecável, sem um buraquinho de traça ou rasgão.

      Braça com quadras de mornas,
      Djack

      Eliminar