sexta-feira, 23 de setembro de 2016

[2495] A última mensagem do Nhelas para mim, dia 12 deste mês, pelas 12h42

Foto Expresso das Ilhas
Nunca poderei corrigir o texto do meu amigo, como era habitual, com muita pena minha. O Daniel costumava enviar-me os trabalhos que publicava na revista da ADEF, para que lhes desse uma vista de olhos, coisa que eu fazia com o maior gosto, pela amizade antiga que tínhamos um pelo outro, meu bom colega de carteira nessa escola desaparecida da mindelense Rua do Sol, no Lombo. Quanto reatámos amizade, há alguns anos (foi ele quem me redescobriu), lembrou-me que a minha mãe também gostava muito dele, pois vendia-nos uns ovos deliciosos, das galinhas da família. Mais um amigo que desaparece, neste caso perda para mim e perda para Cabo Verde e para os que ele defendia. Mas alguém há-de continuar a sua luta, estou certo, pelo valoroso exemplo que nos deixou.


1 comentário:

  1. Djack, sensibiliza-me a nobreza deste teu gesto de amizade, recordando o companheiro de escola desaparecido.
    Chego tarde porque desde ontem à noite tive um problema com o computador, felizmente acabado de resolver.

    ResponderEliminar