sábado, 8 de outubro de 2016

[2619] A empresa de patos-bravos que não só arrasa como multilplica... é a realidade do passado anterior ao presente que é assim como o ontem do futuro

Ver AQUI a notícia enganadora do Arrozcatum que nós desmontámos, pois não se trata nada de raio mas sim de camartelo. Só que a empresa "Camartelo Tude pa Tchom", para além de se ocupar de destruições, produz também multiplicações... como o Pd'B, que não deixa passar nada, descobriu.

Mas agora, "au sérieux", vejamos duas fotografias (sim, fotografias que já as havia) feitas durante a longa construção do arco (1862-1873), ainda sem o remate escultórico e estatuário. 

Foto do Arrozcatum, com a citada multiplicação, descoberta pelo Pd'B. Ainda por cima, trata-se da estátua do "Tejo". Se fosse a da direita, a do "Douro", que tem um cacho de uvas, percebia-se a "duplicação" hic!, hic!... Agora o "Tejo", esse é mais sóbrio.



2 comentários:

  1. Onde está "Arrocatum" deve ler-se "Arrozcatum", que dá mais jeito e tem melhor sabor! Quanto ao resto, é só fumaça!
    Braça com faiscas,
    Zito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já lá canta o "Z" de Zorro.

      Braça à Eden Park,
      Djack

      Eliminar