sexta-feira, 14 de outubro de 2016

[2655] Vasco Martins - "Para Além da Noite"

2 comentários:

  1. Ir para além da noite é destino de quem nela deixou tudo o que tinha e nada recebeu que compensasse ali ter esgotado as suas virtudes e perdido a alma. Agora só lhe resta espreitar o lado de lá da noite, na esperança de que ela não tenha fim e que tudo se reinicie. É como o jogador que perde tudo à mesa do jogo e por fim só lhe resta apostar a vida. Neste caso é a alma, que se acredita será devolvida para um novo jogo.

    ResponderEliminar
  2. Não tenho ideia de outro solo deste instrumento que penso ser vocacionado ao acompanhamento nas grandes orquestras. So pode compôr uma tal obra um Chefe, como o é o Vasco Martins.
    V/

    P.S. - Para quem não sabe, o Vasco é sobrinho-neto de Nhô Djunda(lado paterno) e bisneto do meu avô César Pereira (lado materno)

    ResponderEliminar