terça-feira, 27 de junho de 2017

[3024] Não há duas, sem três...

Primeiro, descobrimos uma das imagens e publicámo-la aqui; depois, surgiu-nos a segunda e ela cá ficou; finalmente, agora demos com um selo feito a partir da fotografia que serviu para ambos os folhetos e ele aqui se plama também. O autor, anónimo, bem a virou em espelho, mas é ela, a nossa conhecida cabo-verdiana. Assim se prova, mais uma vez, que... não há duas sem três...


3 comentários:

  1. O autor, se calhar amador, não pensou o sucesso que ia ter a fotografia que até virou sêlo.
    PdB descobre cada uma...
    Braça filatélica

    ResponderEliminar
  2. Sim, é a mesma moça. Por sinal, bem sugestiva.

    ResponderEliminar