sexta-feira, 21 de julho de 2017

[3071] Coisas do Eduardo...


O Eduardo o pensou, o Eduardo o escreveu ao seu amigo Barata, em postal enviado para a Rua de Sapadores, no bairro da Graça, Lisboa. O Eduardinho não foi muito simpático com a nossa cidade, mas temos de o perdoar, pois estava en passant e sabia lá ele o que era o espírito do Mindelo, ainda e sempre mais bonito que as suas casas e a falta de arvoredo da cidade... Se ele soubesse, ai se ele soubesse, decerto não tinha falado assim da terra do Porto Grande ao amigo Barata... E tudo se passou a 28 de Abril de 1924. Cinquenta anos depois... Entretanto, que terá dito dias depois, ao Barata, sobre Dakar? (colocamos o excerto de postal em duas posições, para os nossos leitores não ficarem com um torcicolo ao lerem a parte cruzada,)


1 comentário:

  1. Que fazer, se ele estava a dizer a verdade, Djack? Claro que não teve tempo de descobrir pequenos encantos por aí escondidos.

    ResponderEliminar