domingo, 15 de outubro de 2017

[3204] É já na próxima sexta-feira!...

TAP e TACV fazem ponte aérea com mindelenses a chegar de meia em meia hora a Lisboa para assitirem à palestra que sexta-feira pelas 15h30 terá lugar em Almada sobre escultura e humor, a proferir por conhecido conferencista são-vicentino.

Sabe-se que os hotéis da zona estão lotados a 100% e que muitas pessoas estão a deslocar-se para Setúbal e para a capital de Portugal (até para o Algarve e Marrocos, nalguns casos), na mira de obterem alojamento.

Encontram-se também já na margem sul do Tejo (rio que como se sabe desagua no Porto Grande) dezenas de equipas de imprensa escrita, rádio e televisão que irão fazer a cobertura do memorável acontecimento. Uma delas, da RTSL (Rádiotelevisão de Santa Luzia), veio expressamente dessa populosa ilha cabo-verdiana, sendo esta a sua primeira reportagem de exteriores.
Nha Marquinha, no seu lar habitual

ÚLTIMA HORA: Praia de Bote acaba de ser informado pelo nosso correspondente Djosa de nha Bia, também porteiro em part-time do condomínio-fechado 18-2/8  de São Vicente, que "Nha Marquinha", temida figura da ilha do Monte Cara, estará presente na palestra. 

Ao que parece, a senhora obteve alojamento no Cemitério dos Prazeres, onde se encontrará e poderá receber visitas e flores até ao dia da palestra, regressando depois à sua residência do Mindelo.


Desenho de Carlos Botelho (página "Ecos da Semana" do jornal "Sempre Fixe" de 3 de Abril de 1930), alusivo à colocação da estátua de Francisco dos Santos  "Lisboa reedificada" no monumento ao marquês de Pombal, então em construção. Este, só seria inaugurado em 13 de Maio de 1934. Quando ali se fala na "verdade", é piada de comparação com a "Verdade" do monumento também lisboeta a Eça de Queirós, do escultor Teixeira Lopes (1903), a figura feminina meio vestida/despida que se pode ver sob o busto do escritor de "Os Maias".

7 comentários:

  1. Djack, estou a ver que tens de pedir apoio à PSP de Almada para controlar o trânsito no acesso à sala da palestra e também para pôr ordem dentro da sala caso as gargalhadas ultrapassarem certo nível de decibéis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está tudo preparado para o grande dia. Teremos um destacamento de fuzileiros portugueses e outro da Guarda Costeira de Cabo Verde nas imediações do auditório, para acalmar os ânimos de quem não conseguir lugar, pois é certo que teremos milhares de espectadores, daqui e de lá. E no final haverá cachupa e cozido à portuguesa para todos, como não podia deixar de ser...

      Braça multitudinária,
      Djack

      Eliminar
    2. Djack, podes contar também com um pelotão de pára-quedistas que irá estar nessa altura em alerta vermelho, no RI 15, de Tomar, aquartelamento que hoje está entregue àquele tipo de tropas. Serão transportados num avião em prontidão estacionado na base mais próxima.
      Quanto às iguarias no final da palestra, cometeste uma gafe do caraças, rapaz. Esqueceste-te do arrozcatum, mas creio que, agora alertado, vais providenciar nesse sentido. Até porque o Djosa de nha Bia já se ofereceu para capturar um bom e gordo atum ao largo da Salamansa, que será transportado em voo privado a descolar do aeroporto da Cesária.

      Eliminar
    3. Venham os páras! E já está o arrozcatum na ementa, assim o Djosa não fique fusc e falhe o bicho. A verdade é que não sei como isto irá acabar, pois já se vendem bilhetes para a palestra a 100 euros no mercado negro. Os jardins de Almada estão cobertos de tendas de campismo pois já não há um divã nos hotéis, pensões ou partes de casa aqui da zona. Uma loucura total. Lisboa e Porto ao pé disto, parecem desertos. Tu enverga mas é a farda e chama os teus homens da reserva ou da reforma e vem dar uma ajudinha. Oi nha mãe o qu'é qu'm ta fazê? Nossenhora da Luz e Soncente ta protegême...

      Braça em pânico,
      Djack

      Eliminar
    4. Tarefa cumprida, multidões regressaram aos seus lares, tropas aos quartéis, não houve distúrbios, correu tudo na perfeição. Esperemos pela próxima.

      Braça palestral,
      Djack

      Eliminar
  2. Onde estão os verdadeiros "mnis d'Soncente" hà sempre uma parodiazinha para alegrar a vida.

    ResponderEliminar