quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

[4009] No Paraíso (ou quase...)

Era um sábado, 17 de Março de 1962. A guerra já começara em Angola mas na Guiné só teria início a 23 de Janeiro do ano seguinte e em Moçambique a 25 de Setembro de 1964. Em Pedra de Lume, no Sal, soldados portugueses divertiam-se numa banhoca com "base" num velho gasolina meio naufragado. Enfim, estavam (quase) no Paraíso...



4 comentários:

  1. O PdB teve a delicadeza de proteger as identidades dos protagonistas mas se estivessem vivas teriam mais de 100 anos. E aposto cem contra 1 que essas fotos são ùnicas pois as côpias não eram tão baratas e as pessoas (e os descendentes salenses) não iam guardà-las tantos anos.
    Para nôs o que conta é o trabalho de pesquiza e de divulgação. Dahi um
    hip, hip, hip, Hurra !!!

    ResponderEliminar
  2. Não é bem assim, todos estes militares podem ainda estar vivos. Passaram-se 56 anos. Se eles tivessem na altura entre 20 e 25 e uma saúde de ferro, ainda podem andar por aí...

    Braça longeva,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Sim, são pouco mais velhos que eu, Val. A confusão foi teres pensado que eram os rapazes da II Guerra Mundial, altura em que estiveram 2.100 militares mandrongos mais 144 cabo-verdianos.

    ResponderEliminar
  4. Em Cabo Verde a tropa portuguesa andava em colónia de férias.

    ResponderEliminar