quinta-feira, 2 de agosto de 2012

[0232] CONCURSO 9

Não tendo havido desta vez uma resposta explícita ao nosso concurso, houve porém uma que teremos de considerar certa: a do  Valdemar Pereira  que assim se junta aos três vencedores que já contam cada um com duas sessões premiadas. Como é sabido, ele entra em pânico quando se trata de ramo de acácia e por isso temos sempre disponível para as vitórias do nosso amigo um talo de alho francês.


Tratava-se, tal como ele deixou adivinhar,do Joaquim Stoessel de Sousa (nhô Juquinha ou Djuquinha), chefe da secretaria da Capitania dos Portos que ali trabalhava (daí o "navegava em terra") juntamente com outro excelente profissional, o Sr. Manuel Ferreira Lima.

Mas melhor que aqui o PRAIA DE BOTE, o vencedor Valdemar poderá dar preciosas achegas, sobretudo em relação aos filhos cantantes.

Já agora, sem confirmação, tenho quase a certeza de que a Caixa Postal n.º 7 era a da Capitania dos Portos.  É que tenho as cartas que nos foram dirigidas para Cabo Verde noutro local que não aqui em casa. Mas logo que possível tirarei isso a limpo.


Mais um cartão de visita e novo desafio, neste concurso extraordinário, feito mais ou menos a meio da semana. Parece-me que será talvez o enigma mais difícil de desvendar, de todos os já aqui apresentados. Mesmo assim, há gente capaz de lá chegar, entre as hostes amigas do PRAIA DE BOTE. Isso sei eu...


Pergunta: quem é este Joaquim?

Ajudas: trabalhava com papéis, era competentíssimo, pessoa muito estimada e navegava em terra. Posso estar um pouco equivocado, mas acho que morava num prédio de primeiro andar que dava para a Praça Estrela, na mesma faceira da antiga casa do Firrim - ou seja, a que partia da Praia de Bote e ia percorrendo os terminais de várias ruas: Matijim, São João, Sá da Bandeira (hoje acho que de Moçambique) Luz, Moeda e Suburbana. Fui a casa dele despedir-me, quando me vim embora, e penso que era mesmo aí.

10 comentários:

  1. Foi um castilhano da primeira hora e deixou para cada um dos filhos o dom do canto.
    Deixo que alguém descubra por razões conhecidas.
    Força, gente !!!

    ResponderEliminar
  2. Quente, muito quente, mas não se pode considerar resposta.
    Grande braça ao sábio de teatre,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Bem, eu já sabia que isto era canja para o Val. Eu aqui só posso fazer uma coisa: sentar-me, todo vergado, no banco do ringue de boxe.

    ResponderEliminar
  4. Trimmmmmmmmm, tocou o sino e segue o peso-pluma Adriano para novo round!
    Penso que poderá lá chegar mas de facto o peso-pesado Val está melhor colocado. O treinador Zito também não estará mal...

    Braça boxista,
    Djack

    ResponderEliminar
  5. Creio que seja o Joaquim Monteiro, Chefe de Secretaria do L.G.E.
    Zito

    ResponderEliminar
  6. Quente num aspecto, frio no outro. Nada de Gil...

    Braça,
    Djack

    ResponderEliminar
  7. Parabéns, Val e que a sopa de alho francês te caia bem no estômago..
    Zito

    ResponderEliminar
  8. Espinheira é para as cabrinhas e o alho francês é para a minha sopinha.
    Quero dar um complemento de informação relativa a pessoa que trabalhou com Nhô Djuquinha, voz de ouro: Nhô Manê Bcente (Manuel Vicente Rodrigues).

    Os filhos do "crooner" eram quatro rapazes e duas meninas - todos cantores - cujos nomes (todos) não me ocorrem agora. Lembro-me de alguns: O Ju (falecido) foi o "Mané Jom" do 1° Teatro do Castilho; Lulu tem registo feitos mas quem teve melhor sucesso foi o Jorge Sousa, actualmente residente na Ribeira de Julião, depois de residir alguns anos nos arredores de Paris onde foi activo e gravou certas mùsicas.
    Ouvi o "boisim" na Cidade Luz e no Hotel Porto Grande.
    Talvez amanhão o Jorge cante em algum lugar do Mindelo.
    Braça pa tude gente

    ResponderEliminar
  9. Obrigado, Zito.
    Estàvamos com uma onda de Joaquins nas Secretarias: - Monteiro no Gil Eanes, Rodrigues na Capitania e outro (Djack Felicia) na Secretaria da Câmara Municipal. Este era um violista que acompanhava os Irmãos Marques nas cow-boyadas e um filho dele veio a casar com a filha de Lulu Marques.
    Oh tonte arreloce !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só uma linha para recordar aqui o meu camarada JU Sousa, companheiro de "VOLUNTAREZA" e mais tarde, de locução no Rádio Clube Mindelo. A sua morte, na flor da idade, deixou-me de rastos, na altura: era um companheiro de primeira e um amigo leal...Deus te-lo-à à Sua ilharga!
      Zito

      Eliminar