quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

[0373] Demolido edifício da antiga sede do Mindelense na Praça Estrela. Roído mais um pedaço da carne do Mindelo...

Clique AQUI, para ler em Notícias do Norte.

Foto Notícias do Norte

5 comentários:

  1. Se deixaram ruir o Fortim d'El Rey, monumento histôtico, até desaparecer porque haviam de mexer para que essa casa ficasse de pé.
    Aliàs, o problema não é demolir este edifio que não foi arranjado mas o que virà a seguir. E sabendo como trabalha a nossa Câmara Municipal tenho medo que dêem alvarà para se construir algo que nada tem a ver com as casas tipicas dos arredores.

    ResponderEliminar
  2. É assim, em S. Vicente fazem a demolição do património arquitectónico para depois construir no seu lugar um “furúnculo” para nos acertar em pleno rosto. Edifícios sem estética desenquadrados da realidade da cidade. Não acredito que este edifício estivesse em perigo de ruir. Ou então medidas deveriam ser tomadas para que fosse preservado. Na Europa edifícios que sofreram bombardeamentos durante a 2ª guerra foram recuperados e preservados na sua traça original. Em Cabo Verde os bombardeamentos são esses actos de demolição com a conivência do estado e da Câmara e do Instituto da Investigação e do Património Cultural (este que não serve para nada) que não se interessam por manter o que é típico das nossas cidades.
    Matrix

    ResponderEliminar
  3. Aliás, basta olhar um pouco à direita para adivinhar o que, nesta esquina, vai nascer...Estão a destruir o Centro Histórico - ou o que dele resta!

    ResponderEliminar
  4. Se o edifício estava na iminência de ruir, como parece evidente, não houve outro remédio senão a demolição. Mas é pena porque este edifício estava associado à memória do clube de futebol Mindelense e, além disso, era um representante do melhor da arquitectura típica da cidade: prédios de 2 pisos como sobrado, influência inglesa. Em casos de abandono de prédios particulares, o que a Câmara pode fazer é estabelecer regras e responsabilizar os proprietários. Ou o proprietário trata do que lhe pertence ou a Câmara apodera-se do património e recupera-o para utilidade pública. Caso contrário, a cidade ficará irremediavelmente descaracterizada.

    ResponderEliminar
  5. Onde é que param os adeptos da equipa de futebol mindelense. Este prédio que abritava sua sede durante décadas já não lhes diz nada. Para mim é a incredulidade total ver tanta insensibilidade desta gente. Será que merecem esta cidade? Esta é já uma questão que coloco após tanta barbaridade cometida.
    É que o número de atentados ao património da cidade já está a crecer e só podemos ficar preocupados com uma cidade abandonada. Vejam o caso do Eden Park e do prédio da Administração/Registo Civil na rua de Lisboa, ambos abandonados e a ruir.
    Se a CMSV não tomar medidas, e acredito que ela está bem intencionada, tais como a classificação e a requalificção urbana, a cidade do Mindelo vai para o esgoto.

    ResponderEliminar