terça-feira, 14 de maio de 2013

[0454] Djéu dos Passo já esteve em Arpajon, França...

É curto o que conseguimos conhecer deste postal. Escrito a 25 de Fevereiro de 1908 e metido no correio em S. Vicente a 26, é enviado para Madame L. (Louise?) Courtain que residia então no Boulevard de la Gare en Arpajon, departamento de Seine-et-Oise, França. Quem o escreve, eventualmente a partir de um paquete, refere que recebeu de madame L. uma carta e agradece. Mais não sabemos, a não ser que em Arpajon madame L. viu um estranho postal ilustrado com minúsculo ilhéu do qual pode nunca ter sabido o nome. O objecto era um dos muitos do género que Giuseppe Frusoni vendia no seu comércio mindelense. Lembre-se que o Rei D. Carlos fora assassinado a 1 desse mês, o caso estava ainda fresco, mas nisso o/a desconhecido/a remetente não toca. Nem a coisa interessaria a Madame L. ...


Já agora, eis a gare que deu nome ao boulevard onde Madame L. residia, imagem do princípio do século XX. O PRAIA DE BOTE só não descobre o que não é possível descobrir...


Sem comentários:

Enviar um comentário