quinta-feira, 23 de maio de 2013

[0464] Emblemas na chaminé do "Shell Matiota"/"Encrespado" - VER POST ANTERIOR

Repare-se que o emblema da chaminé na imagem de cima é o da Shell e na foto mais recente o da Lisnave.

Shell
Lisnave

3 comentários:

  1. Shell ou Lisnavie, por mais "Escrespado" que fossem as ondas, "Matiota" sempre passou.
    E ficou, nê devera?

    ResponderEliminar
  2. Mal sabia o "vaporim" o que ainda ia ser falado entre nós. Mas merece!...

    Braça com Huuuuuuuuuuu!!!!!! Huuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Um "vaporim" mexe muito com a memória dos meninos de beira mar. E com a saudade nem se fala. Não apenas um "vaporim", mas todos os navios, sobretudo os faluchos:

    FALUCHO

    Cavername é o que resta de ti, no rochedo a apodrecer,
    Navio de outra era, nostálgico veleiro.
    Há quanto tempo já as ondas te não embalam inteiro?
    Em sonhos ainda te vejo a todo o pano, ao entardecer...

    Mas tu também sonhas às vezes, eu sei...
    Se o vento sopra de feição, não resistes ao incitamento
    Das ondas, das toninhas e das estrelas do firmamento,
    E retomas as rotas centenárias do mar da velha grei.

    Ainda vives imanente nas pupilas dos meninos da beira-mar,
    Herdeiros da genética memória das lides marinheiras,
    Agora teus tripulantes no cavername das suas brincadeiras.

    E continuas vivo nas histórias do povo insular,
    Meu falucho, modesto barquinho de carga e passageiro.
    Só eu sei quanto desejas voltar a um estaleiro...

    Adriano Lima


    ResponderEliminar