quarta-feira, 18 de setembro de 2013

[0566] Chuvas recentes em São Vicente

Fotos enviadas pelo nosso colaborador Zeca Soares, mostrando chuvadas de 6 de Setembro na nossa ilha de São Vicente. Tanta água perdida, tanto mar doce fugindo para o mar salgado, tanta riqueza que podia ser gerada com este oceano vindo dos céus. E foram apenas duas horas de chuva fraca e alguns aguaceiros dispersos. Ó gentes de São Vicente acordai e reclamai uma barragem, duas barragens, três barragens, que mereceis também... Acordai!

Foto Zeca Soares

Foto Zeca Soares

Foto Zeca Soares

Foto Zeca Soares

Foto Zeca Soares

Foto Zeca Soares

7 comentários:

  1. É uma dor de alma ver tanta água ´desperdiçada e tanta inércia no seu aproveitamento...

    ResponderEliminar
  2. O povo da nossa ilha está cego e amorfo. Levantasse-se ele e as coisas mudariam de figura. Parece que aquele Monta Cara, simpático mas sempre a dormir, não dá nenhum alento ao pessoal. Enfim, tenhamos fé. Pode ser que um dia...

    Braça com insónias,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Amigos
    Várias barragens fazem falta à ilha de S. Vicente, pois água demais vai para o mar. Num país seco, nem uma gota deveria ser desperdiçada
    Olhando para os diferentes vales visualizo pelo menos 4 barragens a implantação de várias barragens: vale do Calhau, Lameirão etc. Isto podia proporcionar uma nova agricultura na ilha (horticultura, fruticultura) e transformar os vales em sítios verdejantes, zonas de lazer e de contacto com a natureza. è preciso ter uma nova visão para Cabo Verde e para S. Vicente.

    ResponderEliminar
  4. Sem esquecer que as plantas tambem ajudam à fixação dos solos pela diminuição do volume das enxurradas...Na actual situação, não é só a
    água que escorre para o mar: são toneladas de terra arável, num processo erosivo que vai empobrecendo os solos cada ves mais...Ignorar tudo isto é criminoso!

    ResponderEliminar
  5. Zito bem visto
    A problemática da erosão pelo vento e pela chuva é das mais graves em Cabo Verde. E como dizes ignorar isso é criminoso. Portante antes de construir barragens, que serão de certeza assoreadas como temos visto nas imagens, deve-se proteger os solos. Não se pode pôr o carro a frente dos bois, pois de que vale uma bonita e milionária barragem assoreada em 5 anos?

    ResponderEliminar
  6. Em suma o problema da sustentabilidade de cabo Verde é um problema ambiental bicudo

    ResponderEliminar
  7. O povo de S. Vicente já sabemos que não se manifesta, continua manso como um cordeiro perante o poder. E em política quem não aparece em cena é ignorado e espezinhado. Todos os anos é a mesma cena de lamentação perante tanta água doce criminosamente desperdiçada.

    ResponderEliminar