quarta-feira, 2 de outubro de 2013

[0577] Morreu ontem, 1 de Outubro, com 95 anos, um dos últimos governadores de Cabo Verde (1958-1962), o general Silvino Silvério Marques

Praia de Bote vai vasculhar os seus arquivos e oferecerá no próximo post alguns documentos relacionados com este militar que antecedeu na direcção de Cabo Verde a figura do governador Leão do Sacramento Monteiro, nascido em Nelas mas de ascendência cabo-verdiana (este, falecido em Fevereiro de 2005).

Foram estes os dois governadores que presidiram aos destinos do arquipélago enquanto lá estivemos.

Para já, ler AQUI, AQUI e AQUI

2 comentários:

  1. Deste senhor, a quem cognominaram de Só Seis Meses, utlizando as iniciais do seu nome, quando foi designado Governador_Geral de Angola - o que aliás não veio a verificar-se...não tenho a melhor memória pois tentou encerrar, por motivos menos claros, o Rádio Clube Mindelo onde eu já trabalhava na altura...Tratava-se de uma medida descricionária de protecção ao Rádio Clube de Cabo Verde (Praia). Tal encerramento não chegoiu a verificar-se tendo vencido os argumentos da Ditrecção do RCM de que, aliás, fazia parte um capitão do exército português...Lamento, de qualquer forma, o seu passamanto, até porque parece ter feito um bom trabalho em Angola.

    ResponderEliminar
  2. Chamo a atenção para o meu comentário correspondente ao post que se segue a este. Desconheço o facto, mas não creio que o Governador tivesse agido por motivações próprias. Deve ter havido mais um daqueles despiques entre Praia e Mindelo, que ainda perduram, infelizmente, e que têm a sua origem numa ciumeira que parece ser de "diazá", ou seja, desde que S. Vicente começou a afirmar-se como a capital cultural do território..

    ResponderEliminar