segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

[0657] A viagem inaugural do navio misto "Alfredo da Silva" que tantas vezes arribou ao Porto Grande


Foi ele que trouxe de São Vicente para Lisboa o administrador do Pd'B e respectiva família, na primeira de suas três "hora di bai". Era um navio relativamente pequeno, de passageiros e carga e, como seria de esperar, teve alguns tripulantes cabo-verdianos. Nesse longínquo fim de ano de 1965, por exemplo, trazia na equipagem o Romualdo, antigo motorista do Capitão dos Portos. E vinha sem carga, o barco que habitualmente sobretudo transportava banana de Santo Antão, pelo que saltitava que nem um louco, Atlântico fora... Na sala de estar de segunda classe, havia sempre pelo menos uma lata de sumo a rebolar pelo chão, de bombordo para estibordo, de estibordo para bombordo... Tinha um irmão gémeo, o Manuel Alfredo, de idêntica boa memória.

E tal como acontece a todos os barcos (ou quase...) este também teve a sua viagem inaugural, Dela aqui se dá conta, em notícia do extinto "Diário Popular", de Lisboa, directamente para os nossos leitores. As características do Alfredo da Silva podem ser vistas AQUI.

7.DEZEMBRO.1950, Pág. 9

ULTRAMAR – VIAGEM INAUGURAL POR S. VICENTE DE CABO VERDE DO PAQUETE ALFREDO DA SILVA – (do nosso correspondente J. Inocêncio da Silva) A chegada a este porto do paquete Alfredo da Silva, da Sociedade Geral de Transportes, na sua viagem inaugural, constituiu um verdadeiro acontecimento. O agente daquela companhia, sr. Serafim Adrião Lima, convidou o capitão dos portos, os chefes das Repartições do Estado, vários comerciantes e outras individualidades para uma visita a bordo. Ali foram os convidados recebidos pelo comandante do navio, capitão Joaquim Marques Pereira, e pelo médico de bordo, sr. dr. Joaquim Lobo, que os acompanharam numa larga visita pelo navio, a qual deixou as melhores impressões. Depois da visita, no «deck», foi servido um lanche, durante o qual o sr. dr. Joaquim Lobo, em breves palavras, se referiu à acção da Sociedade Geral de Transportes, recordando o nome de D. Manuel de Melo, que – afirmou – se tem mostrado continuador da obra de Alfredo da Silva. O orador fez o elogio do sr. ministro da Marinha, que considerou o grande renovador da nossa frota mercante. Falaram ainda os srs. António Augusto Martins e Augusto Manuel Miranda. A viagem do Alfredo da Silva, feita à média de 14 milhas à hora, correspondeu inteiramente ao que se esperava da nova unidade.

12 comentários:

  1. Registo a novidade de José Inicêncio Silva (Djôfei) corresondente, um ministério que eu lhe desconhecia, ele que sempre conheci como Chefe dos CTT e Delegado da Sociedade Histórica da Independencia de Portugal...

    ResponderEliminar
  2. Aqui no Pd'B há sempre algo de novo, uma visão desconhecida sobre antigas coisas das ilhas. É isso que nos move. Sobre o Djofei, ver: http://mindelosempre.blogspot.pt/2013/01/0314-ontem-em-lisboa-como-se-fosse-em.html
    Lamentamos não ser possível colocar link directo, pelo que será necessário copiar o link e depois lançá-lo ali em cima.

    Braça linkal,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Não cheguei a viajar no Alfredo da Silva, pois das duas vezes que vim a Portugal naquele tempo foi de avião, na PANAIR. Mas não à minha custa.




    S

    ResponderEliminar
  4. Tentei aceder ao link para ver o que nele se dizia do Djofei, mas não consegui. A mulher desse senhor era madrinha da minha mãe.

    ResponderEliminar
  5. Alem do irmão, tinha também duas "Primas"; ANA MAFALDA, e RITA MARIA.

    ResponderEliminar
  6. O meu pai de nome Heitor, foi tripulante do NM "Alfredo da Silva"
    principalmente, como de outros da mesma Sociedade Geral: "Manuel Alfredo", "Rita Maria", "Amélia de
    Melo",... Embora criança, tenho boas recordações. Também foi tripulante do "28 de Maio" e "Senhor das Areias", aqui gratamente postados. Muito obrigado.Este blogue é-me muito caro. Desejos de longa vida. Felicidades.

    ResponderEliminar
  7. O meu pai de nome Heitor, foi tripulante do NM "Alfredo da Silva"
    principalmente, como de outros da mesma Sociedade Geral: "Manuel Alfredo", "Rita Maria", "Amélia de
    Melo",... Embora criança, tenho boas recordações. Também foi tripulante do "28 de Maio" e "Senhor das Areias", aqui gratamente postados. Muito obrigado.Este blogue é-me muito caro. Desejos de longa vida. Felicidades.

    ResponderEliminar
  8. Quanta nostalgia eu sinto em vêr esta foto.Os anos em que eu viva,nunca me irei esquecer deste navio que para mim era na epoca era um paquete,foi neste navio que aprendi a gostar do mar.No longiquo ano de 1967,eu com 12 anos de idade,filho de José Rafael ( chefe da central electrica de Bissau ) embarquei pelas 17 horas locais no cais do bigigueti,rumo há metrópole ( Lisboa ).Forão 9 dias de viagem que para mim além de ser crinça,forão de prazer.Fico gráto por este blogue...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja bem-vindo, caro anónimo, mas por favor para a próxima assine o seu comentário. Teremos todo o prazer que nos faça companhia. O mesmo para o anónimo de cima que só agora vimos, embora tenha passado um ano.

      Cumprimentos
      Djack

      Eliminar
  9. queria informar que encontrei tapes antigas com gravações da tripulação do navio "Alfredo da Silva", registadas na cabana do santo da serra na Madeira que terei todo o prazer de partilhar a quem estiver interessado... (facebook: Ricardo Valadares Matta)

    ResponderEliminar
  10. Caro Ricardo,

    Teremos todo o prazer em divulgar esses materiais em seu nome. Como não frequentamos o Facebook, envie o que tiver para o endereço do Praia de Bote, mindelosempre@gmail.com

    Cumprimentos,
    Djack

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. estou a proceder a digitalização e edição do material sonoro..... enviarei o link assim que possivel

      Eliminar