quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

[0687] No Café Royal achavam que o Monte também era "da" Cara

As duas versões juntas (Monte Cara com "da" e Cabeça de Washington), em edição do malogrado Café Royal. Uma curiosidade... bem curiosa. 500 exemplares, feitos em Lisboa, em 1953. E ainda com a designação de Cabeça de Washington. Nunca até agora havíamos visto este "nominha" do monte chegar até tão tarde no tempo.



3 comentários:

  1. Curioso, mas não se pode dizer que estivesse errado em termos toponímicos. Dá gosto ver "quel nvizim à vela" do postal.

    ResponderEliminar
  2. E postais editados pelo Café Royal, pouco conhecidos. Deve ter sido coisa esporádica, ao contrário dos Bonucci e Frusoni, bem como os da Casa do Leão.Gostava de saber que nvizim é aquele, mas não consegui lá chegar.

    Braça turística,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Não sei como cheguei sô agora a esta "postagem". Mesmo a foto vejo-a pela primeira vez como pela primeira vez passei a saber da casa emissora do postal (Café Royal).
    Quanto ao navizim, penso ser o célebre "Ildut" que tinha Santa Maria (Sal) como porto seguro. O veleiro, que diziamos ser o "navizim francês", era de longe o mais veloz e isso ficou provado com as suas viagens a Cabo Verde/Dakar.
    O navizim deixou nome. Merecido.

    ResponderEliminar