quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

[0701] Mais um edifício a arder no Mindelo: os velhos armazéns da Congel em chamas. Memória documental do fim de uma empresa

Ver AQUI
O FIM DE UMA GRANDE EMPRESA DO MINDELO
Depois do Eden Park, foi a vez dos velhos armazéns da Congel. O fogo é a nova moda no Mindelo, com edifícios e construções de significado cultural ou económico a serem consumidos pelas chamas. Parece que nem num caso nem no outro se atingiram as piores consequências, devido à pronta acção dos bombeiros de São Vicente. Mas os avisos estão dados e os isqueiros continuam a ser premidos... 

Tal como prometido há dias, Pd'B apresenta hoje a cópia do Diário da República de Portugal que em forma de acordo põe ponto final naquela que foi uma das mais florescentes empresas de Cabo Verde, a Companhia de Pesca e Congelação de Cabo Verde, SARL, mais conhecida por CONGEL.

DATA : Segunda-feira 5 de Julho de 1976
NÚMERO : 155/76 SÉRIE I 1º SUPLEMENTO
EMISSOR : Ministério dos Negócios Estrangeiros - Direcção-Geral dos Negócios Políticos
DIPLOMA / ATO : Decreto n.º 524-A/76 (Rectificações)
SUMÁRIO : Aprova o Acordo entre a República Portuguesa e a República de Cabo Verde relativo à Congel - Companhia de Pesca e Congelação de Cabo Verde, S. A. R. L.
PÁGINAS : 1476-(2) a 1476-(3)



5 comentários:

  1. Meu amigo, este acordo remonta a 1976 - quáse tempe de canequinha...O que é que aconteceu depois, até ontém?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponho que aconteceu o limbo... tal como à Frigorífica...

      Eliminar
    2. E A QUEM AROVEITA ESTA CENA DE TERRA QUEIMADA? INTERESSES IMOIBILIÁRIOS, POLÍTICOS OU MERO LAXISMO?!

      Eliminar
  2. O que se passa é mais que vandalismo, é terrorismo de gente sem fé nem lei que obedece ao que disse um comentador "tude pa tchom".
    O pior é que nada se sabe relativamente às providências oficiais, o que nos entristece mais ainda

    ResponderEliminar
  3. Já eh lum dmásh!!!!!
    Agora Lumnara de San Jon na Invern?!!!

    ResponderEliminar