quinta-feira, 8 de maio de 2014

[0864] De Vasco Martins, excerto da Sinfonia n.º 6, "Monte Verde"

Verificámos que o mês de Abril foi altamente produtivo para o Pd'B, com 53 posts, o maior número de sempre. E entre ontem e hoje foram 5, o que é de facto demasiado. Vamos abrandar, pois um por dia (ou menos, em média) chega e sobra... Apreciemos, entretanto, esta excelente peça de Vasco Martins, músico de origem cabo-verdiana, nascido em Portugal. Participação da North Czech Philarmonic Orchestra, conduzida por Charles Olivieri-Munroe. Um luxo!... Mas o Monte Verde vale de facto a homenagem do erudito compositor.

4 comentários:

  1. Uma maraviha que merece ser ouvida e reouvida
    Força na Praia de Bote (sem temporal)
    Braça d'um primo

    ResponderEliminar
  2. Sons de apelo telúrico que emolduram a grandiosidade do monumento que dá identidade à obra, aqui e ali apaziguados por laivos de um bucolismo intimista, qual brisa que sussurra mansamente por entre o milheiral fecundado pelas ultimas águas....

    ResponderEliminar
  3. É de facto uma maravilha que ainda se torna superior quando conhecemos o local que ela evoca. Aliás, segundo parece, o VM considera o Monde Verde uma espécie de montanha sacra que deve ser preservada. E de facto, o Mindelo vive sob a égide do Monte Cara e do Monte Verde, que o amparam.

    Braça musical,
    Djack

    ResponderEliminar
  4. Penso que a música é das criações humanas que nos fazem crer que talvez não sejamos só matéria.

    ResponderEliminar