quinta-feira, 29 de maio de 2014

[0899] Postais ingleses de São Vicente - Uli Matiota de diazá, uli aquel praia sabim!




3 comentários:

  1. Postal de lembranças da Matiota e da Lajinha.

    Vemos o quintalão do Telegraph, de onde partiam os cabos para o mar. A entrada nesse lugar não não era permitido a estranhos da companhia. Logo atrás se vê o que pertencia ao Sr. Alfredo Miranda (armazéns) e que foi espoliado pela Tropa Expedicionària e onde funciona a Escola Guilherme Chantre. Mais acima, à esquerda são a Central Eléctrica Bonucci & Leça e o Lavadouro e, à direita vê-se uma parte da Italcable. Nessa casa morou o ùltimo chefe, Sr. Magnani e a oficina viria depois.
    No que se refere à companhia italiana, gostaria que o Fernando pronunciasse pois dali só falo da parte de fora e parece-me que a construção ali está muito reduzida.
    Finalmente o paralelipipedo que se vê eram casas simplicissimas. Lembro-me que ali morou o Caetano Sapateiro que trabalhava debaixo da árvore à porta da Central. Disso já se falou aqui e o Zito se lembra.

    História, História !!!

    ResponderEliminar
  2. Este postal, representa o S. Vicente ainda virgem pouco urbanizado com a nossas duas praias, Laginha e Matiota ainda intactas, naturias, não deixa de ser lindíissimo

    ResponderEliminar
  3. Ve-se uma Italcable incompleta porque faltam alguns locais como por exemplo o escritorio onde trabalhavam os empregados da telegrafia, entre eles meu pai, a oficina e as casas onde moravam os empregados italianos. Falta ainda a muralha circundante.

    ResponderEliminar