domingo, 15 de junho de 2014

[0922] Foi lá longe, em Macau, onde Cabo Verde tem um ponta-de-lança chamado Joman


3 comentários:

  1. Ê como digo "Esses meninos estão por todo o lado".

    ResponderEliminar
  2. Não há sítio neste planeta onde não haja um português ou um cabo-verdiano... ou ambos!... Somos universais e omnipresentes, de facto.

    Braça por todo o lado, em terra, mar e ar,
    Djack

    ResponderEliminar