sábado, 2 de maio de 2015

[1492] A Foto Melo, inolvidável alfobre de registos fotográficos históricos mindelenses

A Foto Melo (na imagem, grafada como "Mello") não perdoava: barco que chegasse ao Porto Grande, era logo fotografado. Tal como o "Tynebank" (1934-1955), em 22 de Julho de 1947, pouco depois do final da II Guerra, quando a navegação já era de novo segura, afastados que estavam os lobos submarinos germânicos, bem como outras desgraças de origem teutónica. E registado na chapa fotográfica, como dizia o Melo, frente à face de Washington... Ver AQUI


2 comentários:

  1. Não deixa de ter a sua graça: se este navio não tivesse "falecido" em 1955 teria, hoje, a minha idade!

    ResponderEliminar
  2. Há uns navios que se aguentam mais que os outros... são os chamados insubmersíveis.

    Braça tendendo para o eterno,
    Djack

    ResponderEliminar