segunda-feira, 18 de maio de 2015

[1515] Toy de Nhô Quim Chavinha: a história de um futebolista do Mindelense, depois enfermeiro de profissão

Este precioso material, que nos  foi enviado pelo amigo e colaborador Zeca Soares (a quem muito agradecemos o trabalho que teve), conta a história de vida de um homem descomplexado que se diz filho de três pátrias - o que é de facto verdade e não é vergonha nenhuma, antes uma honra. Neste caso, quatro vivas portanto: a Portugal, a Cabo Verde, à França e também, claro, ao Toy de nhô Quim. Já agora, e porque não há quatro sem cinco, um viva final ao grande e eterno Mindelense! VIVA!!!

O grande futebolista do Clube Sportivo Mindelense da Rua d'Praia do século passado (Toy d'nhô Quin), que esteve durante longos anos emigrado em França, acabou de lançar em Mindelo, onde reside actualmente, um livro de memórias do seu percurso de vida. Segundo o autor, as receitas revertem a favor de um fundo para uma Fundação que o mesmo pretende criar em apoio as crianças no campo desportivo. Dada a importância das histórias desse percurso, e do impacto que o mesmo possa ter nos jovens, o Ministério da Educação fez já aquisição de 100 exemplares do livro para ser distribuído.  Para além de vários contos, é ilustrado com muitas fotos que contam a história deste mesmo percurso desde a sua infância até esta data, depois do seu regresso definitivo a sua ilha natal. 




3 comentários:

  1. Quando sai de Cabo Verde ainda nem o irmão (Chico) potapeteava a bola.
    Mais tarde havia de encontrar o Chico na Selecção que jogou em Bathurst
    (Gâmbia) onde foram vitimas de um àrbitro inglês.
    Que o Toi tenha sucesso com o trabalho

    ResponderEliminar
  2. Já ouvi falar deste senhor, como um grande jogador e desportista, mnin de Salina. Um parabéns por esta iniciativa invulgar escrever um livro sobre a sua vida e dedicar uma parte dos proveitos a uma obra social

    ResponderEliminar
  3. Ora, aí está como a humildade pode elevar um homem aos píncaros da nobreza de carácter!
    Lembro-me dele, como futebolista elegante e batalhador!

    ResponderEliminar