domingo, 5 de julho de 2015

[1574] Bispo do Mindelo, D. Ildo Fortes, na Cova da Piedade, entre os seus patrícios (1)


Bandeiras de Almada, Cabo Verde e Associação Cretcheu
Ver AQUI

Praia de Bote esteve mais uma vez num grande acontecimento de cabo-verdianidade, desta feita na celebração religiosa e festa que trouxe a Almada D. Ildo Fortes, o bispo do Mindelo, por ocasião do 40.º aniversário da independência de Cabo Verde. 

Na igreja de Nossa Senhora de Fátima (Cova da Piedade - Laranjeiro), grande número de portugueses e cabo-verdianos assistiu à cerimónia religiosa.

Seguiu-se um almoço em que, como era inevitável, brilhou o prato nacional das ilhas, a sempre amada cachupa - esta, deliciosa, por sinal, das melhores que nos tem sido dado provar. A senhora embaixadora de Cabo Verde, Dr.ª Madalena Neves, assistiu à missa e esteve também com os seus patrícios durante o repasto, abrilhantado por músicos de Cabo Verde e pelas Cantadeiras de Essência Alentejana, intercâmbio interessantíssimo que em princípio vai ter desenvolvimento em Setembro, em programa que se esboçou à nossa mesa, connosco e com amigos nossos e do qual daremos conhecimento na devida altura. 

Praia de Bote está a redigir notícia sobre a festa de hoje para o "Terra Nova" e por isso só adianta no blogue as palavras acima apresentadas. Contudo, hoje e durante mais alguns dias, mostraremos aqui parte da longa série de fotografias que fizemos durante este evento que caiu fundo na alma dos cabo-verdianos que entre nós vivem e labutam, comunidade das mais estimadas e mais próximas dos portugueses - estes também com a sua diáspora, por isso sabendo muito bem o que custa estar longe da Pátria e quão gratificante é uma vez por outra receber quem dela nos vem visitar. Hoje, apenas imagens da missa.

Como sempre, clique nas imagens para as ver melhor


Pároco José Pinheiro (Cova da Piedade) e bispo D. Ildo Fortes (Mindelo)
Exma. Embaixadora de Cabo Verde (centro) esposo e D. Filomena (ECV)

Cabo-Verdiana faz uma das leituras. Veja-se a écharpe com cores de CV






Apresentação de cumprimentos à representante de Cabo Verde

1 comentário:

  1. Gostei de ver. Não sou crente de nenhuma religião, mas respeito toda aquela que proclame a paz, a harmonia e o entendimento.

    ResponderEliminar