sexta-feira, 24 de julho de 2015

[1587] Morreu hoje em Cabo Verde o poeta e diplomata Corsino Fortes (Mindelo, 1933 - Mindelo, 2015)

Ver AQUI, AQUI, AQUIAQUIAQUI e AQUI
Praia, Palácio da Cultura (hoje de Ildo Lobo), 4 de Abril de 2002, durante o lançamento do romance "Capitania". Corsino Fortes, de branco; à direita, o também poeta e editor da "Rosa de Porcelana", Filinto Elísio

1 comentário:

  1. Para mim, a morte do Corsino Fortes é daquelas que deixam um vazio difícil de preencher. Ele era um Homem Grande no mais amplo sentido da palavra. Todos os cabo-verdianos vão sentir a sua falta.

    ResponderEliminar