segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

[1782] Ainda o "alien" cabo-verdiano, cidadão indesejável... (ver post anterior)

Meus caros Zito, Djosa e Val, como mostraram interesse em saber o que tinha feito o Naise Barros para ter um tratamento daqueles, fui abanar o pó do arquivo mais uma vez. Contudo, a única coisa que encontrei dele para além da notícia do post anterior foi esta outra (uma semana posterior), agora do "Cambridge Chronicle", em que em termos mais reduzidos ficamos a saber o mesmo que já sabiamos. Enfim, se calhar nem fez patifarias nenhumas e apenas queria ficar nos States, apesar de eventualmente não ter documentação que o permitisse. Mas lá que é estranho o desgraçado do Benjamin Maricle fazer aquele percurso todo (três meses e cinco dias)  a companhar o Naise, lá isso é...



3 comentários:

  1. Bolas O Manuel custou a bagatela do $1000 aos contribuintes americanos para uma viagem. Não deve ter sido 'vela plod'. Reparem que fez a viagem até CV via Lisbon SPain

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Mercóne ta pensá que Lisboa ta fcá pegóde na Madrid, ahahahaha

      Braça geográfico,
      Djack

      Eliminar