quarta-feira, 9 de março de 2016

[2001] Os portugueses sempre souberam receber bem os amigos. E então quando se trata da Home Fleet, nem se fala... (Outubro.1950)

É GonÇalves e não GonZalves, obviamente - O capitão-tenente Manuel Melo de Carvalho fora antes Capitão de Porto da Horta, Açores

O "Gonçalves Zarco" - Sobre o navio, ver AQUI

O almirante sir Philip Vian - Ver AQUI

 O "Vanguard" - Ver AQUI

2 comentários:

  1. São sempre bem vindas as notícias que metem navios, pois eles são a marca d'água do Praia de Bote. Qualquer que seja a natureza e o tamanho do navio: cruzadores como este "bicho" do Vanguard, avisos, contra-torpedeiros, fragatas, corvetas, navios-escola, caravelas, palhabotes, iates, faluchos, e até simples botes arrastados na nossa areia.

    ResponderEliminar
  2. Fantàstico !!!

    Ainda me lembro de alguns episôdios relativos a essa gente. Na Casa Nova do Telegraph (Telecom, Praça Nova) instalaram um posto de comunicações e ia là me entreter com os marinheiros.
    Jogaram o futebol com a Seleção e venceram por uma bola de penalty. Estava o Jùlio de Nha Nina (Académica) na baliza. No cricket é que foram elas. Coube à Home Fleet de bolar. Â noitinha pararam o jogo e os ingleses não chegaram a pegar nos tacos.
    Houve outras manifestações de que não me lembro. O certo é Mindelo estava a ferver de gente.
    Foi bonito. Deixaram uns patacos no comércio.

    ResponderEliminar