terça-feira, 17 de maio de 2016

[2182] "A Voz Interior", de Hein Semke: lançamento da edição portuguesa na Fundação Calouste Gulbenkian, a 1 de Junho, pelas 18h00, apresentação de Joaquim Saial


MAIS UM ADIAMENTO. EDITOR NÃO CONSEGUE TER O LIVRO PRONTO NO DIA 1. DAREMOS NOTÍCIAS SOBRE NOVA DATA, LOGO QUE POSSÍVEL...

Hein Senke (Hamburgo, 1899 - Lisboa, 1995)

Livro ímpar que nos conta uma história diferente dos anos 50 portugueses, através da voz do escultor, ceramista e pintor Hein Semke. O artista viveu em Portugal cerca de seis décadas e aqui trabalhou e conviveu com grande parte da intelectualidade desse período: Fernando Pessoa, Almada Negreiros, Alves Redol, José Régio, Barata Feyo, Diogo de Macedo e muitos outros, uns amigos, outros nem por isso... Ficaram a dever-lhe dinheiro, apunhalaram-no pelas costas pelo simples facto de ser estrangeiro, poucos ajudaram-no. Relato impressionante, vivido e intensamente sofrido de um homem de coragem cuja obra hoje é reconhecida e está exposta, por via de grandes doações feitas aos Museus do Azulejo e de Portimão e Fundação Calouste Gulbenkian (mais de 1500 peças). Convite oficial será aqui posto, logo que o recebamos. 

A edição portuguesa (ed. Abysmo)
A edição alemã, de 2014
Joaquim Saial entrevista Hein Semke para o "Diário de Notícias" -  6.Maio.1989

4 comentários:

  1. Interessante, Djack. Que corra tudo bem. Assim de repente, e visto de lado, não te reconhecia logo nessa foto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não admira, pois foi diazá, com menos idade e mais bigode...

      Braça antigo,
      Djack

      Eliminar
  2. Esta idade é cruel, não "Perdoa" mas, ... por outro lado enriquece

    ResponderEliminar