sábado, 16 de julho de 2016

[2273] O sujeito que tratou da escrita neste disco não andou nem na escola Camões, nem na da Praça Nova, nem na da Rua de Coco, nem na da Rua do Sol...

Que grande romanÇe!... que grande Pedroeira!... (e não é crioulo) e que grande Mantehna




3 comentários:

  1. Asneiras exportadas da grande América... para o Muuunnndo !!!

    ResponderEliminar
  2. E óbvia ausência de qualquer trabalho de revisão...
    Brassa,
    Zito

    ResponderEliminar
  3. Vê-çe que eles çe calhar já çe tinham esquéssido da língoa, ou então não apanharam com a varinha de mantamba do ti Fefa Brito de Bubista.

    ResponderEliminar