domingo, 2 de outubro de 2016

[2547] Houve um tempo em que o Mindelo...

Do texto "Bibliotecas em Cabo Verde", de Humberto Elísio Lopes:


4 comentários:

  1. É bom ter estas notícias históricas. Saber que a cidade de Mindelo tem a sua biblioteca desde o século XIX é algo que só enobrece os membros da então Comissão Municipal da Instrução Pública, que a promoveram claro que com a anuência das autoridades da época. Dos seus membros menciono o meu avô materno, Torquato Gomes Fonseca, mindelense civicamente empenhado, ao lado dos outros colegas da comissão igualmente empenhados e todos amigos da sua ilha.
    Digo isto, (relevem-me a "bazofaria de criol") pois o autor Humberto Elísio Lopes, lembrou e bem da grande utilidade, da Biblioteca e do serviço prestado aos estudantes e aos leitores.

    ResponderEliminar
  2. Presumo que se trata de um livro da autoria de Humberto Elísio Lopes, pessoa que conheço bem. Pelo menos conheço um Humberto Elísio, da minha idade e colega do liceu, embora um ano atrás.
    Fico a saber que a Biblioteca de S. Vicente foi criada no longínquo ano de 1880. Frequentei-a muito, ao tempo situada no rés-do-chão do edifício da Câmara.

    ResponderEliminar
  3. A Biblioteca Muncipal de SV que se situava no Res-do-Chão do edifício da Câmara foi exventrada em 1974, os seus livros pilhados. Obras primas foram destruídas outras encontram-se na mãos de vândalos, hoje convertidos em cidadãos democratas e pessoas de bem e educadas

    ResponderEliminar
  4. Uma coisa é certa: em 1880 havia no Mindelo gente com a cabeça no lugar...Ainda não campeava o império do "cóque e bafa"...
    Braça com hálito de grog
    Zito

    ResponderEliminar