sábado, 28 de janeiro de 2017

[2832] Aos sábados, uma capa de disco (2)

Relativamente ao acertado comentário do nosso amigo e colaborador Valdemar Pereira ao presente post (acerca do músico Notias / Cândido de Almeida), relembramos dois posts sobre este, do longo historial do Pd'B AQUI AQUI
Joli Gonsalves (lembram-se do Paul Gonsalves, companheiro do Duke?) e Joe Livramento, dois músicos com origem em Cabo Verde mas carreira nos States. Aqui ficam um anúncio de um disco (ou capa da cassete), uma cassete e a capa do dito disco que difere do anúncio na colocação do prato de cachupa ou de arrozcatum, não se percebe muito bem... Podíamos dizer mais, mas não compensa estarmos a gastar o nosso latim, dados os poucos comentários que temos, ao invés das visitas que continuam e em grande quantidade. Por exemplo, o saboroso artigo de Arsénio de Pina no post 2825 (ver AQUI) só teve dois comentários, o que é manifestamente pouco, dado o seu óbvio interesse. Portanto, caro visitante, se quiser saber mais sobre o Joli e o Joe, vá à procura...




2 comentários:

  1. Mais uma novidade para nôs. Mas sempre houve mùsicos cabo-verdianos que gravaram. O primeiro de quem tive eco foi Armando Notias por volta de 1943. Tinhamos um gramofone e a irmã dele levou o disco para ouvir(mos).
    A noticia do evento se espalhou logo "Notias gravou um disco nos USA".

    ResponderEliminar
  2. Para mim é algo de novo que acrescento ao meu (escasso) conhecimento sobre as andanças da nossa música nos States. Obrigado por mais esta pesquisa, Djack.

    ResponderEliminar