quinta-feira, 15 de junho de 2017

[3004] No centenário de Manuel Ferreira, os seus livros, por dentro e por fora - 1

Como prometido, iniciamos a divulgação da "roupagem" de livros de Manuel Ferreira, assim disponibilizados aos nossos amigos e visitantes. Seguir-se-ão outros - em alguns casos, a mesma obra, em edições diversas. É o que sucede hoje, com a 1.ª e 2.ª edições de "Hora di Bai", prémio "Ricardo Malheiros" (ver AQUI) de 1962. No final deste post, colocamos a par as duas dedicatórias à esposa, onde se podem verificar ligeiras alterações. Um escritor que se preze, nunca está satisfeito...
Repetimos: quem desejar ver as imagens em pormenor, deve clicar nelas.

"HORA DI BAI"
1.ª edição - 1962










"HORA DI BAI"
2.ª edição - 1963








As dedicatórias


1.ª edição - 1962
2.ª edição -1963

2 comentários:

  1. E eu... nem uma edição possuo.
    Explico: - Depois de duas décadas encontrei por mero acaso uma compatriota que se mostrou encantada e, também, triste por nunca mais ter podido ler obras da nossa gente. Solicito, dei-lhe por empréstimo 8 livros. Algum tempo depois apareceu com cara de enterro para me dizer que o marido, atingido pela doença de Alzheimer, mandou tudo para o lixo.
    Que sorte tem o mnine de PdB !!!

    ResponderEliminar
  2. Tanks, Djack, por esta revisita à obra do Manuel Ferreira. Li Hora di Bai pelo menos duas vezes, espaçadas no tempo, mas não sei quais eram as edições. Mas não tenho nenhum exemplar, socorri-me da biblioteca municipal.

    ResponderEliminar