quarta-feira, 28 de junho de 2017

[3028] Para quem gosta de saber tudo, tudo, mesmo tudo... (ver post 3024)

Portaria n.º 23646

Manda o Governo da República Portuguesa, pelo Ministro do Ultramar, que, nos termos do artigo 2.º do Decreto n.º 37050, de 8 de Setembro de 1948, sejam emitidos e postos em circulação na província de Cabo Verde selos de franquia postal com as dimensões de 35 mm x 25 mm, nas quantidades, taxas, motivos e cores seguintes:

3000000 da taxa de $50 (porto de S. Vicente). - Amarelo, azul-celeste, azul-esverdeado, vermelho, preto, castanho-escuro, castanho-claro, vermelho-escuro, rosa e verde;

2000000 da taxa de 1$00 (purgueira). - Amarelo, vermelho-escuro, preto, sépia-claro, verde-claro, verde-escuro, verde-azeitona-claro, castanho-escuro, rosa e cinzento-violáceo;

2000000 da taxa de 1$50 (amendoim). - Amarelo, azul, verde-escuro, verde-esmeralda, verde-claro, preto, castanho-escuro, vermelho-escuro, sépia-claro e cinzento-esverdeado-claro;

3000000 da taxa de 2$50 (rícino). - Amarelo, vermelho, vermelho-escuro, verdeescuro, verde-claro, verde-amelado, preto, castanho-escuro, castanho-claro e ocre;

400000 da taxa de 3$50 (inhame). - Amarelo, castanho-claro, castanho-escuro, castanho-amelado, preto, verde-escuro, verde-claro, verde-esmeralda, vermelho-escuro e cinzento-claro;

500000 da taxa de 4$00 (tamareira). - Amarelo, vermelho, vermelho-escuro, azul, verde-escuro, verde-claro, rosa, castanho-escuro, preto e verde-azeitona-claro;

400000 da taxa de 4$50 (goiabeira). - Amarelo, azul, preto, castanho-claro, castanho-escuro, verde-claro, verde-escuro, vermelho-escuro, rosa o lilás-claro;

400000 da taxa de 5$00 (tamarindeiro). - Amarelo, vermelho, vermelho-escuro, preto, castanho-claro, castanho-escuro, verde-claro, verde-escuro, rosa e cinzento-amelado;

150000 da taxa de 10$00 (mandioca). - Amarelo, verde-escuro, verde-claro, verde-esmeralda, castanho-escuro, castanho-claro, preto, vermelho-escuro, sépia-escuro e sépia-claro;

150000 da taxa de 30$00 (rapariga de Cabo Verde). - Amarelo, vermelho, vermelho-escuro, azul, castanho-escuro, preto, sépia, verde-escuro, verde-claro e cinzento-azulado.

Ministério do Ultramar, 7 de Outubro de 1968. - O Ministro do Ultramar, Joaquim Moreira da Silva Cunha.

Para ser publicada no Boletim Oficial de Cabo Verde. - J. da Silva Cunha.

8 comentários:

  1. É a mesma rapariga sim senhora. Quanto aos selos, trata-se de uma emissão com os números 329-338 do novo catálogo da Mundifil. Como foram emitidos em grande número a respetiva cotação é muito pequena, o valor mais alto, selo da rapariga de Cabo Verde, em novo tem o valor (máximo) de 5 euros!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela informação sabedora, caro Célio. Apareça sempre.

      Braça,
      Djack

      Eliminar
  2. Não compreendo porque jà não existe o entusiasmo pela filatelia e a numismàtica. Portanto, era um passatempo que dava importantes vantagens, nomeadamente culturais e monetàrias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda existe, o mais estranho é saber que os maiores coleccionadores não são portugueses, são do Canadá, Estados Unidos e Espanha. Em Portugal são uns milhares, com mais procura na marcofilia e história postal.
      Deixo o link para uma das minhas páginas de marcofilia dedicada a Cabo Verde.

      https://sites.google.com/site/marcofiliadecaboverde/

      Eliminar
  3. Lindos selos e que ainda por cima retratam a vida quotidian no arquipélago

    ResponderEliminar
  4. Para saber tudo, mesmo tudo, acrescento:

    Desenhos de José de Moura/ Litografia Nacional do Porto.
    valor actual da série ( 10 valores) 14,72 Euros

    ....

    O mesmo pintor é o autor da Rapariga Caboverdiana / Edição XV da Sheel Portuguesa.

    Mantenha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como se pode ver no Catálogo Afinsa.2008 e noutras fontes. Estava a guardar esta novidade para mostrar todo o conjunto mas agora já não vale a pena.

      Braça numismática,
      Djack

      Eliminar
    2. Qual foi o catálogo onde viu o valor actual da série? Tenho o último de 2015 da Mundifil e só valem 12 euros em novo e apenas 7 em usado. O que vale um pouco mais é o fdc, 17,50 euros.


      Eliminar