terça-feira, 1 de janeiro de 2019

[4002] O dono do Pd'B ficou manhente, lá isso ficou. O príncipe de Tours é cá um sortudo!... Estar com a diva, grande momento.

Queremos saber pormenores sobre este encontro, sobretudo onde se deu.

O dono do Pd'B viu um espectáculo de Cize no Coliseu, em Lisboa, mas nunca esteve perto da diva. No entanto, o pintor e escultor Espiga Pinto, também natural de Vila Viçosa (falecido em 2014, três anos após a morte de Cize), teve esse privilégio em Paris. E no espólio da cantora deve estar este desenho feito por ele. Esperemos que sim...

2 comentários:

  1. Interessante, interessante! Dois grandes cabo-verdianos estes dois, e ainda por cima do espectáculo. O Val deixou o teatro dizá mas o bichinho está lá intacto.
    Quanto à Cize, volta e meia ouço-a a cantar Trás de Horizonte, com a voz que ela tinha no início, e fico deliciado com a sua riqueza melódica. É como se tivesse um finíssimo instrumento musical na garganta. Escutem essa belíssima morna e digam se não é assim.
    O retrato feito pelo Espiga de Sousa estará no museu dela?

    ResponderEliminar
  2. Não sei, de facto, onde estará o retrato feito pelo Espiga Pinto. Quem souber que o diga.

    Braça ignorante,
    Djack

    ResponderEliminar