terça-feira, 26 de junho de 2012

[0191] PRAIA DE BOTE regressa, agora de vez!

Hoje: Um trailer do documentário "Dona Tututa", que alguns eventualmente já viram. Ao que parece, o filme estará pronto em breve. Nele, o PRAIA DE BOTE colabora com uma ajuda mínima mas ainda assim...

CLIQUE NA IMAGEM, PARA VER O TRAILER
PRAIA DE BOTE foi contactado, por causa de artigo que publicou em tempos no "Liberal", no qual citava um texto do "Diário Popular" de Lisboa (1952), sobre as noites do Mindelo, onde o correspondente anónimo dizia a dado passo: «Visitámos, à hora adiantada da noite, o Café Royal, onde uma negra toca melancolicamente piano numa alegria que se perdia nas trevas da noite, sem público que contagiasse… Depois, os músicos, negros também, acompanham os jornalistas que percorrem a cidade e vão, tal como numa serenata coimbrã, acordando a população com as suas mornas tristes, nostálgicas, cantadas por vozes dolentes e tocadas em ritmos cheios de sentimento pelo Mochinho do Monte – um cantor ambulante cheio de intuição e de talento. A noite cabo-verdiana ia-nos cercando gradualmente…»

Este excerto do dito texto, desenterrado pelo PB, um dos mais de 4000 que já armazena no seu arquivo sobre as ilhas, completará o documentário, o que muito nos honra. Esperemos, então, pela estreia...


Amanhã: Colocação do texto integral até agora escrito sobre a famosa viagem a Santo Antão
Destina-se a recordar o trabalho já feito - que será continuado, sempre em episódios e com fotos ilustrativas.

Depois de amanhã: Continuação da viagem a Santo Antão.

Em data oportuna: Talvez (repito!... talvez), muito boas notícias acerca de algo sobre Jorge Barbosa.

Obrigado por  terem esperado por este regresso.
Braça pa tude munde e leitura sabe.
Djack

3 comentários:

  1. Quando um vaso de guerra escalava o Porto Grande e despejava centemas de marinheiros sobre a cidade, era fatal, no Café Royal, Tututa ao piano, seu irmão Tchuff à viola e Morgadinho ao trompete...Tenho uma foto, algures...
    Abraço p'ró "retornado"
    Zito

    ResponderEliminar
  2. Essa foto vale ouro. Toca de a procurar e a colocar no prato , entre o arroz e o atum, "pa tude munde spiál".

    Braça,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. Que seja bem reaparecido o PB.

    Um abraço ao Djack e resto da rapaziada.

    Adriano

    ResponderEliminar