segunda-feira, 29 de outubro de 2012

[0272] "Um Monte (ainda) Verde", por Zeca Soares

Monte Verde

Monte Verde - Foto Zeca Soares

Mindelo (ou São Vicente) não é só MONTE CARA. Também é MONTE VERDE. Agora é preciso ir para além do Monte, ir a BALEIA, "Se não de vista, ao menos pela fotografia" - já dizia alguém.

BALEIA é o único vale existente em São Vicente, verdadeiramente rural, onde se pode praticar agricultura de sequeiro. Situado no lado direito, para quem esta no Monte Verde, e de costas para Monte Cara, foi durante os tempos de "canequinha"o lugar onde se cultivavam e de onde vinham os víveres para o abastecimento dos barcos que escalavam o Porto Grande; ainda lá estão as ruínas da Casa Figueira, a mesma "casa" da Praia de Bote “FIGUEIRA & COMPANHIA". Mas isso é trabalho de investigação para pessoas habilitadas.

Com a regularidade das chuvas dos últimos anos, pode-se constatar de facto o ambiente verdejante daquele vale e a disposição do terreno em produzir. Os insectos que normalmente dão cabo das plantas são praticamente inexistentes ali. Mas infelizmente os braços que fazem a terra produzir, praticamente não existem; as poucas pessoas que por lá se aventuram, fazem-no por amor à terra ou por carolice. No fim, mesmo que apanhem uns quantos sacos de pastos para animais, já se dão por satisfeitas. São grandes quantidades de terrenos que foram produtivas e hoje abandonados e algumas casas em ruínas mostram que BALEIA de facto teve vida farta.

Deixo aqui um convite ao Praia de Bote para uma caminhada ao outro lado da ilha: Baleia, via Seixal e Mato Inglês.

Um grande e forte abraço de
Marcos Soares

Do PRAIA DE BOTE segue a promessa: pode ser que muito em breve, mesmo muito em breve, façamos juntos esse percurso, para encher a vista, o coração e a máquina fotográfica. O lugar merece. Olá se merece... Seguem também os agradecimentos por tão soberbas fotos e pela nota de memória agrícola. A máquina Kodak está a portar-se muito bem e o operador ainda melhor...


Monte Verde - Foto Zeca Soares (clique para ampliar)
Milho no Monte Verde - Foto Zeca Soares (clique para ampliar)
Monte Verde - Foto Zeca Soares (clique para ampliar)
Monte Verde - Foto Zeca Soares (clique para ampliar)
Baleia em dia de chuva - Foto Zeca Soares (clique para ampliar)

7 comentários:

  1. Eu ainda era miudo quando fui pela primeira vez ao cimo do Monte Verde...E recordo ainda com arrepios, da visão que tive da Baleia, vista de um buraco no monte a que se chamava "assomada de baleia" - era arrebatador e provocava uma irrefreável sensação de vertigem que não se esquece...Brrrrrr!!!

    ResponderEliminar
  2. Bem, já vi tudo! Temos mais um para regressar ao Mindelo!!! Isto vai ser uma romaria, atrás do Zeca Soares Monte Verde acima!!!

    Ó Zito ca bô squecê um garrafinha de grogue.

    Braça, hic,
    Djack

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A segunda vez que fui lá ao alto já havia estrada e fui, claro, de carro...A paisagem que, de lá de cima se nos revela é de cortar a respiração...Não me importava nada de a rever! Haja quem pague a passagem...:D

      Eliminar
  3. Monte Verde
    Admirando a natureza da ilha do alto do seu altar imponente, um desafio ao Monte cara
    Jose F Lopes

    ResponderEliminar
  4. Em criança por lá muito corri e a canseira com que se regressava a casa na cidade após um dia de cultivo...era menor do que a felicidade de criança de correr livre e solto pelo campo.Bom rever estas fotos.

    ResponderEliminar
  5. Obrigado pelo comentário, Karina.
    Volte sempre.
    Braça, Djack

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que tenho gostado muito da página e venho seguindo sempre as novidades, eu é que agradeço a oportunidade de adquirir conhecimentos de variada ordem com os mais experientes.

      Eliminar