terça-feira, 19 de novembro de 2013

[0627] Presidente da República de Cabo Verde congratula-se por Portugal elevar "Colá San Jon" a património cultural imaterial. Mais uma vez, os dois países unidos.

Foto Joaquim Saial - Barco "Sagres"do "Colá San Jon" na Biblioteca Municipal de São Vicente  (Agosto.1999)












O Presidente de Cabo Verde saudou ontem (18.Novembro) o reconhecimento e inclusão do "Colá San Jon", expressão cultural cabo-verdiana, no inventário do Património Cultural Imaterial de Portugal.

Num comunicado da presidência cabo-verdiana, Jorge Carlos Fonseca lembrou que o "Colá San Jon" é uma manifestação do património cultural imaterial cabo-verdiano, "pela sua profundidade histórica, dimensão ritual e ancoragem social na respetiva comunidade".

"Enquanto Presidente da República, expresso a minha profunda satisfação por tamanha distinção conseguida a favor desta expressão cultural que tem desempenhado, na nossa comunidade na diáspora, em particular na residente em Cova da Moura (Portugal), um papel primordial de mobilização social e de reforço identitário", disse.

NOTA: A notícia refere esta manifestação cultural como "Kola San Jon". Dado que o PdB é um blogue de São Vicente e na nossa ilha ninguém gosta de "kapas", vertemos a exógena letra num óbvio "C" e acentuámos o "a". Afinal de contas, nisto de linguajar e escrevinhar, deve dar-se o seu a seu dono...

Agência Lusa

Foto Joaquim Saial - Barco "Arquipélago" do "Colá San Jon" na Biblioteca Municipal de São Vicente  (Agosto.1999)

1 comentário:

  1. Congratulo-me com esta notícia. Há uns 3 ou 4 anos, por ocasião da festa de S. João, estava a passar no Rossio e fui surpreendido com um Colá-Sanjon da nossa gente. Ainda acompanhei o grupo e os seus seguidores durante um tampinha. Os transeuntes olhavam com curiosidade porque talvez desconhecessem o significado daquela manifestação festiva. Uns turistas estrangeiros não se ficaram pela contemplação e meteram-se no meio e começaram a colar também. Há muitos anos que não via um Colá-Sanjon.

    ResponderEliminar