quinta-feira, 28 de novembro de 2013

[0641] Post Karantónico/Gonçalvístico só para Zitos (ou similares)...

O Zito fala em filhos... a mim, parece-me que hão-de ser netos, pois julgo que nenhum dos músicos do post anterior terá 57 ou 58 anos que serão mais ou menos as idades actuais dos filhos rapazes do Naldinho e da Katy. Aqui vai uma foto de sôdade, em plena Baía das Gatas, com uma ventania dos diabos e a juventude encamisolada. À esquerda, um estarola/pendura que por acaso nesse dia estava algo engripado. Duas curiosidades: os observadores não o sabem mas o boné era de maru... ou saiko... amarelo e verde e à frente com uma roda de leme e o saquinho de plástico no chão era das rendas da Katy. Quanto ao piano, sim senhor, estava logo a seguir à sala de entrada, onde a Katy cabeleirava, e em duas ou três noites o Naldinho tocou para a minha família, privada e deliciosamente, após jantar igualmente apetitoso.



7 comentários:

  1. Djack, essa foto ja tinha sido postada anteriormente no teu extinto fotolog. Lembro-me perfeitamente desses meninos, pois trabalhei com o Sr. Arnaldo Goncalves e eles iam sempre a nossa reparticao. Ate me ensinaram a dizer umas coisas em grego. Um deles, talvez o Rafael, segundo informacao de ha um ano atras, e medico e exerce a profissao em Lisboa, nao sei se no Hospital Santa Maria. Pode ser que esses novos karantonis da nova Banda sejam netos do Georgios Karantonis.
    Nita Ferreira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, só podem ser netos de um ou do outro lado. Filhos seria difícil, embora não impossível. É ver os Stones, entre outros, por exemplo, que ainda dão cartas.

      Braça,
      Djack

      Eliminar
    2. E se assim é, verifico que Santa Maria está recheada de bons médicos cabo-verdianos. Lá exerce também um Pudjim, o Zé Emídio, meu ex-colega de turma no Gil, bastante reconhecido na sua área de intervenção.

      Braça saudável,
      Djack

      Eliminar
  2. Obrigado pela foto, atraves da qual matei saudades de dois grandes amigos, dos chamados "do coração"...Afinal, parece que os "músicos" são primos dos dois filhos do casal Katy/Naldinho o que os coloca do lado dos descendentes do Rafael e do Luis, filhos do Jorge Grego e sobrinhos da Katy...Fica, assim, reposta a ordem, no que fui ajudado pelo insigne jornalista Carlos Filipe Gonçalves, filho do Naldinho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Do Calu é o interessante e útil livro "Kab Verd Band" que me foi enviado pelo meu colega e amigo Alexandre "Bintim" Lima Oliveira, de Ribeira Grande (Santo Antão), em Dezembro de 2006. Tirando essa estapafúrdia maneira de designar Cabo Verde, o bastante completo livro já me ajudou variadas vezes.

      Braça com mornas e coladeras por todo o lado,
      Djack

      Eliminar
  3. Ou seja, fica-se grego para se deslindar a linhagem dos gregos Karantónis. Mas estes estão fotografados e não falham. Como não falha a menina bem mais nova que eles e de que agora sei o nome, via Zito.

    NOTA: Soube em 1999, através da D. Carolina Ferro, esposa do Firrim, que nessa altura a Katy ainda era viva e residia algures em Atenas.

    Um braçadopoulos,
    Djack

    ResponderEliminar
  4. Sobre os laços familiares não me pronuncio porque não sei. Houve um Karantonis que foi ainda meu contemporâneo no Gil Eanes, mas um pouco mais velho. E, se não estou em erro, vi-o em Luanda (por volta de 1966) e ele pertencia à Polícia Judiciária. Ou será que estou a fazer uma confusão?
    Bela foto e boas recordações, Djack! O pendura estava mesmo "sport".

    ResponderEliminar