quinta-feira, 9 de outubro de 2014

[1098] Joaquim Saial fala de arte pública colonial de Cabo Verde, em reprise, mas com adendas... Dia 15, Lisboa

Clique na imagem, para ver melhor

4 comentários:

  1. Vamos fazer uma campanha para que o Praia de Bote seja elevado ao grau de Mindelense de Honra.
    Força !!!

    ResponderEliminar
  2. Hoje estive a almoçar na Associação Caboverdeana com o João Manuel e mais um casal amigo meu. Música em barda, odor (e gosto) de cachupa sabe, tudo a dançar, Cabo Verde ao vivo num 8,º andar de Lisboa, espécie de 11.ª ilha. Também lá estava o Djopam, filho do Dr. Morais. E dia 15 lá estará o Praia de Bote a papiar...

    Braça

    ResponderEliminar
  3. Força na nova abordagem ao tema, Djack!

    ResponderEliminar