quinta-feira, 6 de novembro de 2014

[1134] Antero de Barros não foi só professor...

Para completar a foto do ilustre professor aparecida no Arrozcatum, o Pd'B foi ao fundo do baú e desenterrou esta notícia do DN de NB de 20 de Novembro de 1962 (data em que o Pd'B já estava no Mindelo). Que aproveite aos comentadores que conheceram o docente, bem como os posts mais recentes. Quanto ao palavrório, faz parte da verve da época e não macula ninguém. Era o que faltava...


5 comentários:

  1. O Dr. Antero Barros foi meu professor por seis meses em substituição de um colega que adoeceu repentinamente e que viria a falecer pouco tempo depois.
    O Homem foi, para mim, um grande desportista que também formou dupla com o meu Pai para um torneio de Golfe (Mindelo X Estoril) em Portugal, onde a equipa insular saiu vencedora. Mas deixo para quem mais esteve mais com ele e pode falar melhor, como o Adriano e o Luiz Silva.

    Relativamente ao James Pinto Bull tenho a dizer que ele não era cabo-verdiano mas mulato guineense, filho de um americano. James ocupou vários postos políticos e, muito antes da Revolução dos Cravos, pereceu num desastre de avioneta no interior da Guiné de que era Deputado Nacional.

    Não confundir com o irmão mais novo, Benjamim, que foi professor e politico, em Dakar. Benjamim, que era um moderado e por isso tinha acesso ao Palácio Presidencial onde era recebido frequentemente pelo Presidente Senghor que pedia e apreciava os seus conselhos. Nunca partilhou as ideias do PAIGC e depois da Inpedendência da Guiné continuou a não se meter com eles. Preferiu a docência, a escrita e a dar conferências.

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me bem desta missão em que participou o nosso saudoso professor. Quanto ao resto, o Val diz tudo e mais alguma coisa, como sempre.

    ResponderEliminar
  3. O Val é o poço sem fundo da memória que vai da ponta do nariz do Monte Cara ao fundo do Mar de Canal. Bem, afinal tem fundo mas é mesmo muito fundo...

    Braça memorável,
    Djack

    ResponderEliminar
  4. Não foi meu professor mas só ouvi boas referências deste senhor, de resto não podia ser outra coisa, dado a geração a que pertenceu e o percurso dele.

    ResponderEliminar
  5. FOI MEU PROFESSOR DE GEOGRAFIA...NAS SUAS AULAS, MUITOS DE NÓS APRENDERAM QUE HAVIA MAIS GEOGRAFIA PARA ALEM DOS RIOS E DAS SERRAS, DAS CAPITAIS E DOS PAISES...HAVIA, POR EXEMPLO, "A GEOGRAFIA DA FOME"...HAVIA E, INFELIZMENTE, CONTINUA A HAVER...NHô ANTERO FULA ERA UM ENORME SENHOR, EM TODAS AS ACEPÇÕES DA PALAVRA!

    ResponderEliminar